Realidade Indesejada

E assim começou uma nova vida, com 2016 para trás chega mais um ano que todos desejam ser melhor que o que passou, o ano dos atentados, das mortes e das tristezas, um ano que ao meu ver começou mal e acabou da mesma forma.
A verdade é que tudo começou de novo e todos esperam um ano melhor, com mais saúde para todos os doentes, com mais esperança para aqueles que de país em país vagueiam perdidos sem lugar ao qual possam chamar de sua “Casa” e até os que levam uma boa vida com posses e alegria perante os que gostam, desejam sempre algo melhor e anseiam para que o novo ano seja diferente, ambicioso e repleto de novas perspetivas.
Embora seja essa a realidade transmitida penso que não é de facto a realidade obtida, pois ano após ano reparei que nada muda a não sermos nós próprios, a nossa aparência que aos poucos vai amadurecendo, os nossos parentes que vão ficando para trás, a própria vida, em que como exemplo falo-vos das flores, em um ano expõem-se com a primavera, envelhecem com o verão, caiem com o chegar do outono e desaparecem perante a partículas de agua e de gelo no inverno.
Esta é a realidade que poucos esperam ouvir e que poucos querem acreditar.
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s